Aguarde. Carregando informações.

+55 (82) 3342-2881

faleconosco@ibgenesis.com.br

http://ibgenesis.com.br

Ana Paula Valadão fala sobre adoração

27/02/2013 às 19h27 - Atualizado em: 02/08/2016 às 18h28

Às vésperas da realização de um novo Congresso Internacional de Louvor, a cantora e pastora Ana Paula Valadão falou sobre o evento, sua área de atuação ministerial e da busca por um aprofundamento na relação do fiel com Deus.

O congresso deste ano tem como tema “Adoração, Transformação” e contará com a presença do ministério de louvor Diante do Tronou, que fará a gravação do álbum “Renovo”, além dos produtores Robert Quintana e Walker Beack da Gateway Worship, que farão palestras sobre a área musical, e o preletor John Mulinde, que é o fundador da Word Trumpet Mission, entidade que trabalha na divulgação do Evangelho.

Para Ana Paula Valadão, o tema escolhido para a edição 2013 do congresso “vem reforçar nosso compromisso com a busca por mais de Deus em nossas vidas e o propósito que Ele tem de nos usar como agentes transformadores da nação”.

Segundo a cantora, “nossa adoração também é uma das mais poderosas armas espirituais para a transformação do coração, de circunstâncias, e de uma nação inteira”, e por isso é importante para a igreja como um todo.

Ana Paula Valadão afirmou ainda que o crescimento dos evangélicos no Brasil precisa ser olhado com mais atenção, para que a qualidade da mensagem pregada não seja prejudicada.

“Ao mesmo tempo em que vivemos dias de grandes oportunidades, eles também são dias perigosos. É lindo vermos tantas pessoas se convertendo a Jesus, mas existe o perigo de não amadurecerem na fé e viverem o Evangelho só na superficialidade. O mesmo acontece com a adoração, que para muitos não atinge o estilo de vida, e fica restrita à música, da boca para fora, sem passar pelo coração. O crescimento do público evangélico também atrai pessoas com motivações erradas, e por isso todo o Brasil precisa voltar à essência da adoração, que é a vida diante de Deus. Tenho conhecido muitas pessoas comprometidas com uma adoração sincera e que agrada a Deus Brasil afora, mas tenho chorado pela perda do foco que corrompe a muitos”, pontuou.

Fonte: Gospel +